Tencent compra a Supercell, a produtora de Clash of Clans e Clash Royale

21 de junho de 2016

Supercell-CEO-Ilkka-Paananen. Tencent compra a Supercell, a produtora de Clash of Clans e Clash Royale

A Tencent, conglomerado chinês, acaba de adquirir a Supercell em uma transação de US$ 10,2 bilhões de dólares. A transação aconteceu entre o Soft Bank, dono de maior parte da Supercell, até então, e a gigante chinesa. Com isso, a Tencent passa a ter, além da Riot (League of Legends), a Supercell, produtora de games para celular de enorme sucesso, como Clash of Clans e Clash Royale.

Leia também:

O valor da aquisição foi praticamente o dobro do que se havia especulado. Para todos os efeitos, a Tencent é dona de 84% da Supercell, ou seja, mais que o suficiente para comandar as operações da produtora finlandesa.

Por Tencent, não confunda com a Tencent games, esta última, apenas é um braço do conglomerado que possui, sobre a sua alçada, empresas como Epic Games, Activision Blizzard, Paradox Interactive, Miniclip, Glu, Discord, Robot Entertainment, Artillery e Riot Games. A Tencent ainda tem negócios na área de comunicação (WeChat) e Web.

“Temos mantido uma relação excelente com Ilkka [Paananen] e a equipe da Supercell, e tem sido um privilégio fazer parte da história de crescimento incrível do Supercell”, disse o presidente da SoftBank e CEO, Masayoshi Son. “Ao longo da vida do nosso investimento, Supercell tem operado como uma empresa independente, e sua cultura única de equipes independentes provou-se excelente. Eu tenho grande respeito pela Tencent e sua liderança em games, e acredito que com o seu compromisso de respeitar a independência da Supercell , Tencent representa o parceiro ideal para levar os negócios da Supercell para o próximo nível “.

Em seu próprio post sobre a compra da Tencent, o CEO da Supercell, Paananen, definiu os quatro aspectos-chave do negócio. Em primeiro lugar, Tencent permitirá ao estúdio continuar a operar como uma entidade independente. Além disso, a cultura da Tencent e paixão por jogos, foram um bom ajuste nos olhos de Paananen, e ele notou o quão bem a posse de Tencent tem feito para outras produtoras. A compra também permite a Supercell continuar a ser de capital fechado, em vez de prestar contas a acionistas e os mercados financeiros que pressionam para retornos de curto prazo, ao invés de focar em estratégia a longo prazo. Finalmente, poderia ajudar o mercado doméstico na China, onde os jogos da Supercell fazem um enorme sucesso.

“A China é o lar da maior quantidade de jogadores, mais que qualquer outro país”, disse Paananen. “As plataformas da Tencent atingem cerca de um bilhão de usuários (sim, de um bilhão!). E, eles têm cerca de 300 milhões de usuários únicos para sei jogos. O que isto significa para nós é que, juntamente com Tencent, podemos fazer com que nossos games alcancem uma audiência muito maior. Além disso, suas plataformas sociais oferecem muitas novas possibilidades para os nossos games, especialmente para multiplayer. Tudo isso é muito emocionante! ”

Via GameIndustry

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • Alex Sander

    Isso de compra e venda de empresas n muda MT pros jogadores pq compram já gostando do trabalho da aquisição feita.N acho q atrapalha nos jogos.

  • STV

    Tencent é dona de 51% da Supercell e não 84%

  • Gilberth Gabriel

    A CHINA TÁ DOMINANDO O MUNDO!

  • Ulquiorra

    A Tencent quer dominar o mundo gamer. lol