A morte dos Lumias: Microsoft desiste dos smartphones para o “grande público”

25 de maio de 2016

windows-phone-is-dead-long-live-lumia-dead-edition-499730-2 A morte dos Lumias: Microsoft desiste dos smartphones para o "grande público"

Quem acompanha o site, já deve ter notado que de uns 6 meses para cá, as notícias sobre jogos de Windows Phone e Windows 10 Mobile ficaram escassas. O motivo é simples: A própria Microsoft está desistindo dos smartphones!

Em um comunicado postado hoje, a empresa anunciou a demissão de 1.850 empregados e, nos termos da empresa, um “streamline” da sua divisão mobile que permitirá focar no mercado corporativo.

Trocando em miúdos, e sem enrolação ou sonhos de usuários xiitas, a verdade é a que a Microsoft errou feio desde a sua chegada ao mercado mobile. Hoje, os sistemas Windows Phone e Windows 10 Mobile correspondem a apenas 1% do mercado mundial de mobilidade. A situação da Microsoft está insustentável desde o fim do ano passado, com uma divisão que só existe por causa dos royalities de patentes pagas pela Google.

O sistema da Microsoft é bom? É bom! Mas a MS falhou em várias estratégias – principalmente no varejo – e assim, vai saindo pela tangente. A empresa deixou claro no post OFICIAL que vai desistir das vendas para o grande público e focar no mercado corporativo, onde seus produtos são mais relevantes.

O que isso significa?

Vai ser mais difícil ver smartphones Microsoft em lojas, e o Lumia 650, é mesmo o último da série! Ao que parece,  a MS vai apostar naquele Surface Phone e vender o bichinho apenas a quem interessar, sem se importar com market share (como a Apple fez no começo). Uma proposta interessante, pois foca em quem realmente quer a experiência diferenciada, ao invés de tentar ser uma “Samsung” da vida.

Entretanto, isso não significa que a Microsoft vá abandonar de vez o mercado mobile, um mercado grande e com potencial de lucros imensos. A empresa vai seguir firme e forte com o Windows 10 e Windows 10 Mobile. Quem já tem smartphones com Windows 10 Mobile, pode ficar despreocupado, que terá suporte ao sistema.

A Microsoft está desistindo apenas das vendas no varejo. Porém, é algo que impacta diretamente aqui no Brasil. Pois significa que a um curto prazo, não veremos mais lançamentos em smartphones focados em mid-range, básicos ou até mesmos top de linha.

 

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • Josesk Leufred Volpe

    Primeiro o Symbian, agr o Windows phone 😿

    • mobilegamerbr

      Nokia simplesmente “perdeu o jeito”.

  • tenho um lumia 530 com o Windows 10 Mobile e vejo que o sistema não esta totalmente completo, existe bugs no sistema e muitos aplicativos inúteis na loja. O único problema é a falta de aplicativos. Se tivesse metade dos aplicativos e jogos do Android seria muito bom, pois o sistema é rápido, não trava e o custo beneficio é perfeito. Falta muito para o W10M crescer como o Android ou IOS.