Pokémon GO em novos países e entrevista com um testador

pokemon-go-android-novas-informacoes

Pokémon GO é, de longe, um dos jogos mais aguardados do ano. O game criado da parceria entre The Pokémon Company e Niantic já está em testes no Japão. Mas agora, Nova Zelândia e Austrália também já possuem versões beta no famoso “teste de campo”. Pokémon GO está previsto para este ano de 2016 e será lançado gratuitamente para Android e iOS.

Veja Também:

Segundos comentários no Reddit, o teste de campo no Japão não tem ido muito bem, mas a decisão de liberar o teste para Nova Zelândia e Austrália, revela que a Niantic deseja seguir em frente e fazer Pokémon GO rodar suave nos próximos meses.  Confira abaixo um resumo de uma entrevista com um dos testadores de Pokémon GO. O mesmo preferiu não se identificar para não ser banido do teste, e as imagens abaixo foram coletadas de outros fóruns aleatórios na internet.

Teste de campo de Pokémon GO já inclui pokémons. :D

Teste de campo de Pokémon GO já inclui pokémons. 😀

Numa seção de perguntas e respostas com um “Field Tester”, comentou sobre como tem sido o teste até agora.

Segundo ele, em torno de 30 a 50% dos locais onde ficavam portais do jogo Ingress (Android e iOS), viraram Pokestops. Pokestops são locais interessantes no mapa, onde o jogador poderá encontrar pokébolas e pokémons.

Quando perguntado se havia algum limitador de energia para eclosão dos ovos pokémon, ele respondeu que parece haver um mecanismo de velocidade no jogo. Ele comentou que ao pegar um ônibus para ir em direção a um Pokestop, o trajeto não foi contabilizado para a eclosão do ovo.

Será possível ver os treinadores próximos a sua localização.

Será possível ver os treinadores próximos a sua localização em Pokémon GO.

Segundo o testador,  há várias pokébolas diferentes (isso já foi revelado) e os pokémons conseguem escapar de algumas delas. De acordo o “Field Tester”, há animações diferentes até para pokémons de mesmo tipo.

Essas animações, afirma ele, envolvem a dificuldade de capturar o pokémon, em alguns casos, o jogador não conseguirá pegar um pokémon se não tiver as pokébolas corretas. Ou seja, é preciso estar em um bom nível e preparado para capturar alguns pokémons, caso contrário, a viagem será perdida.

pokemon-go-android-5-horz

O testador ainda comenta que chegou a nível 7 em Pokémon Go e isso exigiu um certo esforço. Segundo o jogador, há sim distinção entre pokémons baseado na localização do GPS. Ele comenta que em cidades banhadas pelo mar, a frequência de pokémons de água é muito maior, e que alguns pokémons de grama são até raros de encontrar em lugares assim.

“A mudança de dia para noite acontece por volta das 18:30, 19:00h”, comenta o usuário que cedeu essa entrevista ao fórum do Reddit. Ele também respondeu algumas questões técnicas. Segundo ele, o jogo é muito pequeno e roda bem até mesmo em redes 2G.

pokemon-go-android-77-horz

Há a possibilidade de usar a câmera para acrescentar a realidade aumentada e é aí que os problemas começam. Felizmente, há a opção para não utilizar a câmera e ao ver um pokémon, um cenário renderizado pelo jogo irá aparecer no lugar da imagem do local.

Post Relacionados

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • Victor

    Não vejo a hora de lançar logo.

  • STV

    Todo mundo vai quebrar a cara com esse jogo tenho quase a certeza disso, jogo tá muito estranho e depois que joguei o POKÉMON CO-MASTER aquele que todos achou que ia ser estilo de clash royale mais de clash royale não tem nada, é um jogo de tabuleiro estilo resta 1 um dos piores jogos que já vi e sem dúvidas a maior decepção até agora.